HOME SOBRE CONTATO FREEBIES CLIPPING

Meus filmes preferidos sobre escritores


20 maio 2015


Sempre quando to com aquela enorme vontade de escrever, por algum motivo, abro o meu word e aquele turbilhão de palavras que estava em minha mente desaparece. As vezes penso que minhas ideias estão só esperando serem usadas para fugirem de mim, brincar de pega-pega ou sei lá. Isso é insuportável e perco boa parte do meu dia para escrever algo que, se eu estivesse inspirada bem antes, escreveria em minutos. Sim, todo escritor passa por isso, não adianta negar. Muitas vezes temos que forçar nossa criatividade a trabalhar, porque se fosse depender dela, trabalharíamos nos momentos mais inesperados.

Depois que comecei a escrever com mais frequência, isso passou a fazer parte do meu dia. E quando algo assim insisti em permanecer, eu simplesmente relaxo, respiro e vou fazer qualquer outra coisa que me inspire. Seja uma caminhada, corrida, ou até mesmo ficar só em frente de casa, olhando as pessoas passarem. Porém, o que eu mais gosto de fazer é assistir filmes, e melhor ainda, filmes que me inspiram a escrever e que retratam que eu não sou a única a passar por isso.

Vocês também? Então vejam a listinha que eu fiz.

Ruby Sparks - A Namorada Perfeita


Acompanhe Calvin (Dano), um jovem escritor com bloqueio criativo que encontra o amor na forma menos usual possível: criando Ruby, uma personagem que ele acredita que irá amá-lo. A garota ganhando vida sem nenhuma explicação.


Encontrando Forrester



Wallace (Robert Brown) é um jovem adolescente que ganha uma bolsa de estudos em uma escola de elite de Manhattan, devido ao seu desempenho nos testes de seu antigo colégio no Bronx e também por jogar muito bem basquete. Após uma aposta com seus amigos, ele conhece William Forrester (Sean Connery), um talentoso e recluso escritor com quem desenvolve uma profunda amizade. Percebendo talento para a escrita em Jamal, Forrester procura incentivá-lo para seguir este caminho, mas termina recebendo de Jamal algumas boas lições de vida.

Mais Estranho Que a Ficção


Certa manhã Harold Crick (Will Ferrell), um funcionário da Receita Federal, passa a ouvir seus pensamentos como se fossem narrados por uma voz feminina. A voz narra não apenas suas idéias, mas também seus sentimentos e atos com grande precisão. Apenas Harold consegue ouvir esta voz, o que o faz ficar agoniado. Esta sensação aumenta ainda mais quando descobre pela voz que está prestes a morrer, o que o faz desesperadamente tentar descobrir quem está falando em sua cabeça e como impedir sua própria morte. Garotos Incríveis (não encontrei trailer legendado) Grady Tripp (Michael Douglas) um professor universitário que escreve em suas horas vagas. Atormentado por um bloqueio de escritor, ele descobre que sua amante, Sara Gaskell (Frances McDormand), que casada, está grávida de um filho dele. Além disto, tem que lidar com uma de suas alunas, Hannah (Katie Holmes), que está apaixonada por ele e ajudar um de seus alunos, James (Tobey Maguire), a encontrar uma rara jaqueta que teria sido usada por Marilyn Monroe.


Shakespeare Apaixonado



O jovem astro do teatro londrino William Shakespeare (Joseph Fiennes) sofre de bloqueio criativo e não consegue escrever sua peça. Um dia, ele conhece Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow), uma jovem que sonha em atuar, algo proibitivo no final do século XVI. Para burlar o preconceito e ter sua chance, Viola se disfarça de homem e começa a ensaiar o texto de Will, que começou a fluir e passou a dar vazão ao amor entre os dois. O que eles não contavam era com o casamento arranjado pela família entre Viola e Lorde Wessex (Colin Firth).

Sociedade dos poetas mortos


Em 1959 na Welton Academy, uma tradicional escola preparatória, um ex-aluno (Robin Williams) se torna o novo professor de literatura, mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa direção do colégio, principalmente quando ele fala aos seus alunos sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos".


Amor e Inocência



O filme é um drama romântico reproduz a biografia da escritora Jane Austen, focada na sua juventude, antes da fama, quando teve um romance com um jovem irlandês.

Entre Nós


Sete jovens amigos escritores viajam para uma casa de campo para celebrar a publicação do primeiro livro do grupo. Lá, eles escrevem cartas para serem abertas dez anos depois. A viagem acaba em uma tragédia após a morte de um dos amigos. Mesmo assim, eles se reúnem dez anos depois para lerem as cartas.

Historias De Amor Duram Apenas 90 Minutos


Zeca (Caio Blat) é um escritor de 30 anos que, por não conseguir escrever, está no mais completo ócio. Ele é casado há cinco anos com Júlia (Maria Ribeiro), uma professora que sonha em fazer um curso em Paris. Um dia ele vê Júlia e uma amiga entrando em sua casa. Zeca consegue espioná-las através da janela e, ao vê-las apenas com roupas íntimas, passa a acreditar que Júlia o está traindo com uma mulher. A ideia não sai de sua cabeça, mas ele nada conta a ela. Quando Júlia se aproxima de uma de suas alunas, Carol (Luz Cipriota), Zeca passa a desconfiar que elas sejam amantes. Só que o ciúme aos poucos se transforma em desejo e Zeca se apaixona por Carol.

Dentro de casa


Um rapaz de 16 anos consegue entrar na casa de um colega da sua aula de literatura e resolve escrever sobre o fato no seu trabalho de francês. Animado com o dom natural do aluno e o progresso do seu trabalho, o professor volta a apreciar a função de educador dos jovens. Entretanto, a invasão do aluno vai desencadear uma série de eventos incontroláveis.

E ai, gostaram? Sabem de outros que não estão na lista?

2 comentários:

  1. Oi!

    Que postagem mais exemplar.
    Adoro os filmes dentro dessa temática.
    O 1º é perfeito. Adoro esse filme.
    O 2º é forte um pouco, mas também é bom.
    3° Bom e engraçado.
    4° Tenho porém ainda não assisti em decorrência do tempo.
    5° Idem nº 4.
    6º Comecei a ver um dia e não gostei.
    7° Entre nós. Não assisti vou pesquisar mais sobre o mesmo.
    8° Idem nº 8
    9º Já gostei de cara. Vou procurar vê se encontro online ou alugo.
    (Pensei ter errado como quando você abotoa uma camisa e sobra um botão, mas é nove mesmo e não dez).
    Obrigado pela postagem.
    Obs: Você não citou As Palavras
    Finalizando como dica para que assista se quiser que vi e gostei:

    O diário de Carson Phillips
    Palavras e Imagens.
    E Louca Obsessão.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, fia, se vc morasse perto da minha casa, eu ia passar na sua vendo filme =P. Vi a maioria esmagadora dos filmes, e devo ser a única pessoa no planeta que não gostou de "Ruby Sparks", mas ninjão.

    Aliás, adorei o blog como um todo, vou te marcar lá no meu blogroll que está em eterna construção, mas farei questão de vir aqui.

    E indo fuçar no seu livro *-* que invejinha que vc já publicou alguma coisa xD

    Bjooo!

    ResponderExcluir

© Kézia Martins / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.