HOME SOBRE CONTATO FREEBIES CLIPPING

Você sabe como surgiu o dia dos Namorados?


12 junho 2015


Nessas madrugadas de insônia que ando tendo, ultimamente, todos os dias (provavelmente por causa dos muitos cafés que tomo a tarde), sem nada pra fazer e com a cabeça a mil por hora, cheia de pensamentos, fiquei encucada com uma questão que não chegou a ser, de certo modo, tão importante para mim durante esses 20 anos. Não que eu nunca tenha chegado a pensar nessa coisa toda de dia dos namorados, mas para mim era só mais uma data que as pessoas inventaram, tipo o dia do amigo, ou o dia da sogra, whatever.

A questão é que hoje, na madrugada de 12 de Junho, eu fiquei pensando como surgiu esse dia e por quê. Vocês já se perguntaram isso? Eu adoro descobrir os porquês da vida e com a internet ficou ainda mais fácil saber de tudo. Pena que as pessoas ainda sentem preguiça de digitar certos nomes no Google e sismam em perguntar coisas obvias no Facebook.

Oi, o wikipédia tá ai amiga.



Então, lá fui eu pesquisar sobre esse dia. Eu poderia muito bem só copiar e colar o que tá escrito no Wikipédia, mas acho mais legal (e divertido) colocar com minhas palavras, até porque, o que está lá é bem interessante e... como posso dizer... meio louco. Calma gente, vou explicar, só continuem lendo.

Pois bem, a historia começa mais ou menos assim. O bispo Valentim lutava contra as Ordens do maldoso Imperador Cláudio II que proibiu o casamento durante as guerras, porque acreditava que os solteiros eram melhores combatentes. Mas Valentim, teimoso do jeito que é, continuou celebrando os casamentos e isso não foi nada legal, porque logicamente o Imperador descobriu, e adivinha só? O cara foi condenado a sentença.

Pois é, já sabem aonde isso vai dar né. Mas não para por ai, enquanto o bispo estava preso, muitos jovens lhe enviavam bilhetes e flores dizendo que ainda acreditavam no amor. Não é lindo?


Só que aconteceu uma coisa bem estranha, que até agora não entendi. Enquanto Valentim aguardava sua sentença na prisão, ele se apaixonou por uma filha cega de um carcereiro e, olhem só, "milagrosamente", devolveu-lhe a visão. Tipo... WTF???



Antes da execução, o bispo escreveu uma carta de adeus para ela, na qual assinava como "Seu namorado" ou "De seu Valentim",  AWNNNN. Confesso que isso foi fofo, mas fiquei pensando: O coração dessa menina deve ter aguentado horrores. Já pensou ler uma mensagem linda dessas e depois ver seu amor morrer? Ai gente, não...

O bispo Valentim morreu no dia 14 de Fevereiro e essa data também marcou algumas festas celebradas na Roma antiga em honra de Juno (Deusa da mulher e do matrimonio). A historia do Dia de São Valentim ainda se celebrava com um obscuro dia de Jejum, (maneiro, passar o dia dos namorados só bebendo água) em homenagem ao bispo. Enfim, essa associação com o amor romântico chega só no final da Idade Média, na qual foi realmente formulada.

É claro que também existem outras versões, mas essa foi a que me chamou mais atenção. Achei bem... nem sei como definir ela. Não sabia se ria ou se achava fofo. No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho por causa do dia de Santo Antonio que é conhecido como "Santo Casamenteiro"

Mas e vocês, o que acharam? Já sabiam dessa historia?

13 comentários:

  1. Até agora é o post mais cult do dia dos namorados até agora haha

    www.eimeconta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk Oba! Fico muito feliz por achar isso :3

      Excluir
  2. Eu não sabia dessa história toda, achei bem legal você escrever suas próprias palavras, ficou bem mais criativo. Acho legal do São Valentim, nos EUA, as pessoas dão presente não apenas para o seu namorado, mas para uma amiga, mãe, pai, amigo, enfim, pessoas que são especial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Fran, eu tbm achei super legal. Aqui no Brasil é só pra namorado mesmo, mas ia ser legal pegarmos o costume deles e presentear alguém especial :3

      Excluir
  3. Poxa que legal! Não sabia da história, como tudo começou e tals. Gostei muito da história. *-*

    www.nahboa.com

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia essa versão. Bem interessante mesmo, rsrs
    Entendo mais do "Santo Casamenteiro". Sou da cidade da Pedra de Santo Antônio. Quem passar por baixo três vezes é certeza casar logo.
    Eu passei 18 vezes em um só dia, hahaha... casei.

    Beijos!
    Eu Rabisco ♥

    ResponderExcluir
  5. Muito legal o post, por isso nos EUA fala-se Valentine's Day, rsrs, não sabíamos.

    www.gemeasonblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que ótima postagem amei.
    Feliz Dia dos Namorados, bom final de semana
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do teu blog!
    Se puderes vista o meu e se gostares segue...se seguires deixa comentário :)
    Beijinhos

    http://beautifullsecrets.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Olá Minha Linda!
    Amei saber da historia e do seu significado!

    Beijokas da Carol e da Camila :*
    http://www.vamospapear.com/

    ResponderExcluir
  9. Sabia mais ou menos, mas gostei da forma como você descreveu! Fofa ♥

    www.cherryon.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ameeeei seu post, fugiu totalmente dos posts que fazem para o dia dos namorados e me conquistou. Adorei conhecer esta história tri louca rs
    Beijos, www.blogdoseujeito.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu ameeeei a publicação. Também adoro saber o "por que" das datas e não tinha parado para pesquisar sobre. Que história né? A menina deve ter sofrido muito mesmo.
    Amei o jeito que você contou, fez toda a diferença de copiar e colar <3
    Um beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir

© Kézia Martins / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.