HOME SOBRE CONTATO FREEBIES CLIPPING

Resenha: Pasta Senza Vino


19 março 2016


Antes de começar a resenha (de novo) queria dar um aviso rápido aqui. Como alguns de vocês já sabem e até me avisaram, o link dessa resenha deu erro e ninguém mais (inclusive eu) estava conseguindo acessar a postagem. Não sei o que aconteceu, isso nunca ocorreu no blog e só posso me desculpar com o ocorrido. Resolvi postar de novo a resenha, não a mesma porque além de perder a postagem, também tinha excluído do meu computador o conteúdo da resenha. Também resolvi tirar mais fotos do livro, fotos melhores, e postar de novo por aqui. No mais, retorno com minhas desculpas e espero que possam entender.



Recebi esse livro da Agência Cultural Oasys e tenho que confessar uma coisa: Eu adoro livros que possuem narração rápida, aliás, quem não gosta de um livro que automaticamente prende a gente na leitura? Que não enrola pra falar algo? Pasta Senza Vino é assim. Achei incrível o modo que o autor colocou cada coisa, sempre terminando com um gostinho de quero mais em cada capitulo. Eu me senti presa na historia e não consegui parar de ler até descobrir o que ia acontecer de novo, de novo e de novo... E então quando dei por mim, já tinha acabado e queria ler aquilo mais uma vez. E que final foi esse! Gente, só leiam, sério. Não quero dar spoilers, mas nossa... (suspiros)




A historia começa com o protagonista Antonello (vivo trocando o nome dele pra Antonio), o marpione, conhecido por aqui como cara que pega todas, se vê deslumbrado e quem sabe, até mesmo apaixonado pela misteriosa brasiliana Aline. Uma brasileira que permanece na Itália por duas miseras semanas e que, mesmo inconscientemente, fisga o coração do italiano.
“Cuidado com as brasileiras. Ouvi dizer que o Brasil é cheio delas”
Antonello atravessa o Brasil em busca de sua Aline, mas por lá encontra muito mais do que procura. Mistérios são revelados, novas pessoas se colocam em seu caminho, surpresas aparecem e o que era para ser uma viajem de encontro ao amor, se transforma em algo que ele deve encontrar em si mesmo.



Essa é uma viajem de descobertas, de costumes, de mudanças, de autoconhecimento e, acima de tudo, de novas historias.

Pasta Senza Vino é muito mais que um romance, devo dizer que o livro, apesar de retratar o romance e de se dizer um romance, tem muito mais disso. Com uma narrativa fácil e divertida, e diálogos que podem te chocar e fazer rir, Eduardo Krause consegue misturar todos os costumes sem demonstrar nenhuma confusão.
"A feijoada nada mais é do que uma violência contra si mesmo. O sistema digestivo sofre para processar a despudorada mistura de ingredientes sem sentido. E que maravilhosa aberração culinária!"
Achei muito genill essa mistura de fatos, Eduardo (autor brasileiro que mora na italia), com o protagonista Antonello (Italiano que vai para o Brasil). Se você gosta de culinária, de surpresas, de romance e de mais conhecimento esse livro é para você. Posso garantir aqui que até aprendi palavras novas em italiano por causa desse livro.



Livro: Pasta Senza Vino
Autor: Eduardo Krause
Editora: Terceiro Selo 
Páginas: 285 
Comprar: Saraiva
Livro enviado para resenha 
Nota:

21 comentários:

  1. A-M-E-I esse livro e a resenha, com certeza ele vai pra próxima wishlist!
    O enredo é um pouco diferente dos que eu leio mas vou procurar pra comprar! <3
    Tem projeto novo no blog, corre lá! Super beijo!
    http://vishamiga.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Kézia,
    É a segunda resenha que leio deste livro, não sei se faz meu estilo.
    Mas fiquei interessada em ler. Principalmente por sua descrição do final, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha obrigada! tentei ler, eu achei ele bem interessante

      Excluir
  3. Nunca tinha ouvido falar. Parece bem legal e isso de narrativa rápida me conquista logo também! Me apaixonei pelas fotos!! *_*

    Beijos,
    Postando Trechos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem legal, fiquei animada com a leitura hahah obrigada, que bom que gostou *-*

      Excluir
  4. Quero ler! Adoro bons romances e ainda mais quando o autor/autora consegue misturar vários elementos, com bons diálogos e nos faz ri e amar.

    Fiquei aqui louca para ir atrás desse livros... Me seguraaaaa \o/

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Olá, Kézia.
    Eu já tinha comentado nessa resenha antes, acho que para mim estava aparecendo normal hehe. Mas foi bom porque dai você colocou mais fotos. Você já me ganhou lá na parte de cima onde fala que o autor não enrola. Odeio livros que ficam dando voltas e voltas e você não sabe mais da história do que quando começou. A narrativa fluida é um quesito para o livro ser bom.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já comentou sim flor, mas que bom que tá aqui de novo <3 Concordo, carração rápida sempre me ganha!

      Excluir
  6. Oi Kézia!
    Ainda não li este livro, mas adorei sua resenha. Pasta senza vino parece uma história cheia de emoção! Bjs.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Kézia, tudo bem?

    Nossa, que chato isso que aconteceu com a postagem, né?

    Como eu havia dito da outra vez, eu gostei muito do enredo do livro. Eu namoro uma pessoa de outra nacionalidade (isso eu não havia dito da oura vez hahaha), então eu meio que entendo o rompante de Antonello. Fora a curiosidade em saber se eles ficam juntos, né?
    E acho essa capa de extremo bom gosto.

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa eu nao sabia disso, que bacana! Com certeza, muita curiosidade hahaa
      Adorei a capa tbm! Beijo

      Excluir
  8. Ah, como eu amo suas fotos <3
    Gostei muito da dica do livro!


    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Falo com toda a sinceridade que esse livro já me encantou só lendo a sua resenha. Eu não conhecia o livro, mas agora que conheci quero lê-lo logo. Amei! Ótima resenha!
    Beijos,
    Luana Agra - http://sector-12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Hahah que bom que gostou tanto assim da resenha :3 Você vai gostar dele, garanto!

      Excluir
  10. Essa resenha me encantou muito. Parece ser um livro gostoso de ler. Essa frase sobre a feijoada foi demais hehehe
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha ele é sim Carol <3 Que bom que gostou da resenha!

      Excluir
  11. Oi! Que estranho a postagem ter sumido :/ nunca passei por isso, mas deve ser muito chato. Tomara que não aconteça mais :)
    E que fotos maravilhosas <3 <3 amo ver esse tipo de foto, é uma inspiração e tanto para as minhas.
    Não sei se gostaria do livro, acho que não faz meu estilo (apesar de achar interessantíssima a gastronomia italiana). E eu vivo trocando os nomes dos personagens kkk principalmente quando não sei como pronuncia.

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras|Tem resenha premiada no blog!

    ResponderExcluir

© Kézia Martins / Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Colorindo Design
Tecnologia do Blogger.